Cuidados com a pele (parte II)

A UMIDADE NATURAL DA PELE

A camada mais externa da epiderme é chamada córnea e contém uma séria de substâncias químicas solúveis em água – incluindo aminoácidos, ácido lático – que formam um hidratante natural da pele, responsável por reter líquidos e mantê-la hidratada. As células da camada córnea são rodeadas de gorduras chamadas lipídios. A função deles é manter o hidratante natural e a água na pele, impedindo que se dissipem na transpiração. Depois dos 40 anos, a quantidade de lipídios diminui, o que deixa a pele mais suscetível ao ressecamento. Solventes, detergentes, saboões e outros químicos podem danificar a camada córnea, retirando os lipídios e levando à perda do hidratante natural da pele. Por isso, evite usar produtos com agente de limpeza muito agressivos, como álcool e sulfatos (muito comuns em sabonetes líquidos e outros limpadores).

A DERME – fica logo abaixo da epiderme. É uma camada grossa, com tecidos fibrosos porém elásticos e constituída por 80% de colágeno e 20% de elastina. Essas proteínas dão força e elasticidade à pele. Na derme estão ainda os vasos sanguíneos que irrigam a hipoderme; as glândulas sebáceas, responsáveis pela secreção do sebo, uma substância oleosa que protege a pele e os cabelos; os nódulos linfáticos, que destroem os micro-organismos que chegam ali por meio da epiderme e drenam toxinas.

HIPODERME – é a camada mais profunda da pele, formada por tecidos conectivos e células de gordura. Ela ajuda a manter a temperatura normal e outras camadas no lugar. Também auxilia a irrigação sanguínea das outras camadas e tem papel de amenizar possíveis traumas.

Comentários